Você gosta do seu corpo?

Olá queridas, como estão?

Lembram que há alguns meses fiz uma pesquisa no facebook com vocês? Pois bem hoje nosso papo é sobre elas.

As questões eram as seguintes:

 

1-Você gosta do seu corpo?

2-Você se sente á vontade provando roupas?

3-Numa escala de 0 á 10 qual nota você dá a seu corpo?

4-Sua beleza é prioridade?

5-Se sim por quê? Se não, o que é?

6-Você já teve um corpo que gostou mais? Em que fase da vida?

7-A opinião dos outros afeta você?

8-Já fez dieta?

9-Gostaria de fazer?

10-Qual sua dificuldade?

11-Você se considera saudável?

12-Que tipo de coisa te motiva?

 

Tive 25 participantes, dentre elas 14 são mães. Profissões, idade e perfil beeeem diferentes, porém quase todas relataram coisas parecidas! A grande maioria na pergunta número 2, 2-Você se sente á vontade provando roupas?

Respondeu que não, ou ás vezes.

O fato é que provar roupas, seja sozinha em um provador, ou na frente de amigas, marido, namorado, é sempre muito perturbador, nem tudo fica bom na gente, sempre tem uma parte de corpo que não nos agrada, e aquela dobradinha para vestir uma calça deixa a barriga triplicada né?! É claro que diante de uma fase de emagrecimento ou aceitação do corpo, comprar roupas se torna um prazer, pois cada vez mais amamos nosso corpo, e é justamente sobre esse AMOR que quero falar hoje.

Antes disso quero chamar a atenção para a pergunta de número 7, que fala sobre a opinião dos outros. Gente, porque as pessoas se acham no direito de nos falar o que bem entendem né!? É claro que devemos filtrar isso ou aquilo que ouvimos, e existem opiniões que pouco nos importam, porém as de quem amamos, família, amigos e até das pessoas do trabalho ou faculdade, essa nos afeta, quer queira quer não. Vinte meninas responderam que depende da pessoa afeta sim, ou seja, aquele comentário bobo ou brincadeira com nossa aparência, machuca muito e fica guardado, muitas vezes como mágoa o que é triste e destrói relações.

 O apelo aqui é CUIDE COM O QUE FALA, nós devemos dar o exemplo, se não gostamos dos comentários desagradáveis dos outros, precisamos começar a corrigi-los em nós, e aquelas que são mães, desde muito cedo educar seus filhos para um mundo onde existem gordos, magros, altos, baixos, pretos e brancos, assim teremos a oportunidade de viver uma geração um pouco mais limpa desses conceitos de beleza que nos causam tanto mal.

Bem, voltando ao assunto do amor ao corpo, hoje li uma coisa que me fez refletir muito, li que só zelamos por aquilo que temos amor. Gente isso é muito real, e então se a gente não sentir AMOR pelo próprio corpo, como é que vamos cuidar dele? Vou dar o meu próprio exemplo, eu comecei uma rotina de exercícios e alimentação saudável porque estava ODIANDO minha aparência, passando os meses esse sentimento foi sendo revertido por cuidado, zelo, carinho e satisfação, hoje amo ele, mesmo não tento a barriga dos meus sonhos, mesmo não tendo cabelo liso, nem braços fininhos como eu gosto, hoje eu aprendi que há beleza em mim, que sou diferente dos outros e que isso é tão bom, pois sou ÚNICA.

Sim, eu emagreci para que isso pudesse acontecer em mim, porém isso não é regra. Devemos nos aceitar no padrão FELICIDADE, eu sempre falo isso, peso não é sinônimo de felicidade, se fosse assim toda magra seria feliz, e a gente sabe que não funciona assim.

Eu gostei muito de uma resposta sobre a pergunta numero 4,que diz: 4-Sua beleza é prioridade?.

 A resposta foi:

Sim,acredito que a beleza seja sim importante, pois é a primeira coisa que se é percebida e ajuda inclusive na auto confiança. Para mim, beleza não é só um padrão (magro, alto, etc), mas uma pessoa que se cuida e sorri também é bela. Acho que é importante se sentir bonita e gosto de me sentir assim também.

Taila Micheli (Fulaninha minha)

Devo concordar com minha leitora, beleza é mais, é luz, simpatia, alegria, inteligência. Então porque nos apegamos a tantos padrões?!

Falo por experiência própria, tive uma fase em que me comparava demais as musas do instragram, e isso me frustrava, a ponto de pensar que minha dieta era ruim, meu treino era fraco, minha rotina estava errada, o que não é verdade.

Eu treino de 4 á 5 vezes na semana, eu não como MUITA coisa, eu trabalho em uma loja de doces e renuncio a coisas gostosas o tempo todo, eu não posso estar tão errada só porque meu corpo não está trincado como o delas. Hoje estou sim, em busca de um corpo melhor para o verão, pois quero estar mais sequinha e isso é um desejo meu e não uma imposição de ninguém, porém sei das minhas limitações, e agora me conhecendo melhor já não espero mais milagres.

Eu fiquei dias refletindo sobre as respostas que recebi nessa pesquisa, algumas me emocionaram muito, pois expressavam muita insatisfação, e me vi ali naquelas meninas, outras me trouxeram respostas lindas sobre prioridades, e de um modo geral foram as respostas das mães.

A maternidade

Esse com toda certeza é um tema que quero abordar em um próximo post, pois é extenso demais. Mas sobre a pesquisa, na pergunta 4 e 5 as respostas das mães me fizeram ver com outros olhos algumas coisas. As lindas mamães que participaram foram quase unanimes em dizer que os filhos hoje são suas prioridades, e que é muito difícil arrumar tempo para treino em meio a rotina maternal. Porém como as conheço, sei que não são menos felizes por isso, talvez algumas gostariam de emagrecer, ou ganhar bumbum, ou cuidar mais da aparência, mas percebi que isso não é a grande vontade delas, a maior alegria delas é ver o filho educado, bem cuidado e feliz. Gente, agora me diz, uma mulher dessa não é bela????? CLARO QUE É!

Admiro a vaidade, de todas as formas, até porque não podemos deixar de nos cuidar, mães, solteiras, casadas, novas e velhas, eu acredito assim como a minha amiga que respondeu ali em cima, que a beleza abre portas, na vida toda, no mercado de trabalho inclusive, nos relacionamentos, pois é muito prazeroso conversar com uma pessoa confiante.

Sempre brinco que quando meu cabelo está bonito eu me sinto poderosa, e é verdade. Me sinto confiante para falar de igual pra igual com um fornecedor, para ir á uma reunião, para apresentar um trabalho na faculdade. É só o meu cabelo, mas ele me traz essa sensação de auto estima que é FUNDAMENTAL na vida.

Enfim minhas leitoras queridas, essa reflexão vai longe, se me deixar escrevo até amanhã, só quero deixar aqui a minha sincera opinião de que beleza vai muito além de peso.

Segundo nosso dicionário:

Beleza:

Substantivo feminino, qualidade, propriedade, caráter ou virtude do que é belo; manifestação característica do belo.

 

Fulaninhas, as questões de de 8 á 12 ficam para o próximo post pois é assunto demais rsrsrs!

Quero muito a interação de vocês hein, me contem tudoooo sobre o que pensam a respeito da importância da beleza na vida de vocês.

E para as que estão infelizes com sua aparência, uma dica de quem já se sentiu assim:

Lute, busque o que você deseja, não há nada tão nosso quantos nossos sonhos!

 

Thau.